REGULAMENTO 2018

                            CAPÍTULO - I

 

                                       Disposições Preliminares

 

Art. 1º – A VI Copa do Descobrimento Schin de Futebol – Edição 2018, será promovida e organizada pelo site esportivo eunoesporte.com, na conformidade disposta neste regulamento, normas orgânicas do futebol brasileiro e legislação esportiva vigente.

 

Art. 2º – Participarão da VI Copa do Descobrimento Schin de Futebol – Edição 2018, as seleções convidados que tenham seus pedidos de inscrição aprovados pela Coordenação Geral do certame e aderirem aos termos do presente regulamento. 

Parágrafo 1º - A adesão ao presente regulamento se efetivará automaticamente através da taxa de pagamento da inscrição da seleção na VI Copa do Descobrimento Schin de Futebol – Edição 2018.           

Parágrafo 2º - Não poderão participar do certame as seleções que estiverem cumprindo pena disciplinar aplicada pela Justiça Desportiva ou pela Diretoria da VI Copa do Descobrimento Schin de Futebol – Edição 2018. 

Art. 3º – A VI Copa do Descobrimento Schin de Futebol – Edição 2018, será realizado nas datas e horários determinados pela Coordenação Geral. 

Art. 4º – A Seleção campeã fara jus ao Troféu “Romalho Gomes” (um dos maiores goleiro da região) e 30 medalhas para os seus integrantes; a seleção e ou equipe vice campeã, ao Troféu “Ezaltino José Zani” (Neno), (um dos grandes incentivadores do futebol profissional em Eunápolis) e 30 medalhas para os seus integrantes, ambos de cessão definitiva. 

Parágrafo Único – Além dos troféus e medalhas, receberão ainda um prêmio pecuniário, conforme distribuição abaixo: 

a)    Campeão                      Troféu e 25 medalhas     + R$ 15.000,00 (Quinze Mil Reais)

b)    Vice-Campeão            Troféu e 25 medalhas     + R$   5.000,00 (Cinco Mil Reais)

c)     Artilheiro                     Troféu e medalha             + R$   400,00 (Vale Compra Alfa Luz)

d)   Goleiro destaque        Troféu e medalha             + R$   400,00 (Vale Compra Alfa Luz)

 

 

 CAPÍTULO II

                                  

                                                        Do Sistema de Disputa

 

 

Art. 5º - O Campeonato será disputado por 10 (Dez) agremiações entre seleções municipais e clubes amadores, inscritas e regularizadas perante a coordenação geral, distribuídas, na 1ª Fase (Classificatória), em 02 (Dois) grupos regionalizados com 05 equipes.

 

GRUPOS REGIONALIZADOS

 

 1ª FASE (CLASSIFICATÓRIA)

                                                        

Grupo 01

Grupo 02

Pequi de Eunápolis

Alcobaça

Itagimirim

Medeiros Neto

Caraíva

Itamaraju

Baianão

Mucuri Vitória Vip

Itabela

AMV Teixeira de Freitas

 Art. 6º - Na 1ª Fase (Classificatória), as equipes jogarão entre si, em jogos de ida e volta, dentro dos respectivos grupos, classificando-se para a 2ª Fase as três melhores equipes de cada grupo. 

Parágrafo Único - No caso de igualdade em pontos ganhos entre duas ou mais agremiações em quaisquer colocações, na 1ª Fase (Classificatória), serão observados os seguintes critérios de desempate para fins de classificação à 2ª Fase:

 

a)    Confronto Direto;

 

b)    Maior número de vitórias;

 

c)     Maior saldo de gols;

 

d) Maior número de gols marcados;

e) Maior número de pontos ganhos no confronto direto;

 

f) Maior saldo de gols no confronto direto;

 

g)  Menor número de cartões vermelhos recebidos pelos atletas integrantes de cada Seleção ao longo da competição;

h) Menor número de cartões amarelos recebidos pelos atletas integrantes de cada Seleção ao longo da competição.

 

i) Sorteio. 

Art. 7º - A 2ª Fase da competição será disputada entre as 06 (Seis) equipes que obtiverem a classificação na 1ª Fase (Classificatória), que jogarão, no sistema de ida e volta, cuja distribuição dos jogos será a abaixo descrita:

 

 

                 GRUPO – 03

 

 1º Colocado      X      6º Colocado

                  GRUPO – 04

 

2º Colocado    X       5º Colocado

                  GRUPO – 05

 

3º Colocado     X     4º Colocado

Parágrafo 1º - O mando de campo dos jogos de volta pertencerá às equipes de melhor campanha dentre as 06 classificadas na 1ª Fase, observando-se a classificação geral, se necessário os critérios de desempate estabelecido no Parágrafo Único do artigo 5º. 

Parágrafo 2º - Havendo empate em pontos ganhos, o desempate, para fins de classificação à 3ª Fase dar-se-á observando-se os critérios a seguir:

 

A)   Maior Saldo de Gols;

 

Parágrafo 3º - Havendo empate em pontos ganhos e em saldo de gols. A equipe classificada para a 3º fase, será a de melhor campanha na somatória das fases anteriores. “Classificação Geral”. 

Art. 8º - A 3ª Fase (Semifinal) da Competição será disputada entre as 03 (Três) seleções que obtiverem classificação na 2ª Fase, e mais a equipe Biônica, que será conhecida pela melhor campanha, das três equipes eliminadas, somando-se os pontos das fases anteriores (1ª e 2ª fase). As seleções jogarão no sistema de ida e volta, cuja distribuição dos jogos será a abaixo descrita:

 

 

                    GRUPO – 07

 

             1º C. Geral     X       Biônico

                                  GRUPO – 08

             2º C. Geral   X      3º C. Geral     

Parágrafo 1º - O mando de campo dos jogos de volta pertencerá às equipes de melhor campanha dentre as 04 classificadas, exceto a equipe que entrar como BIÔNCO. Somando-se a campanha de cada equipe dentro das 1ª e 2ª, fases e, se necessário, os critérios de desempate estabelecidos no parágrafo único do art. 5º. 

Parágrafo 2º - A equipe classificada como BIÔNICO, não terá o benefício da classificação geral, fazendo os seus jogos nas fases seguintes na desvantagem, pois já estava eliminada da competição. 

Parágrafo 3º - Havendo empate em pontos ganhos, o desempate, para fins de classificação à 4ª Fase, dar-se-á observando-se os critérios a seguir:

 

A)   Maior Saldo de Gols;

 

Parágrafo 3º - Havendo empate em pontos ganhos e em saldo de gols. A equipe classificada para a 4º fase, será a de melhor campanha na somatória das fases anteriores. “Classificação Geral”. 

Art.  9º -  A  4ª  Fase  (Final) da Competição  será  disputada  entre  as  02  (duas)  seleções classificadas na 3ª Fase, com a seguinte distribuição de jogos:

 

 

                 GRUPO – 09

 

             VENCEDOR GRUPO 07     X       VENCEDOR GRUPO  08

 

 

Parágrafo 1º - O mando de campo do jogo de volta pertencerá a Seleção que tiver a melhor campanha em todo o Campeonato, COM EXCESSÃO DO BIÔNICO, somando-se as 03 (três) fases disputadas, aplicando-se, inclusive para definição da vantagem acima citada, somando-se a campanha de cada equipe dentro das 1ª e 2ª e 3ª fase e, se necessário, os critérios de desempate estabelecidos no parágrafo único do art. 5º. 

Parágrafo 2º - Havendo empate em pontos ganhos, o desempate, para fins de definição da Seleção Campeã e da Seleção Vice-Campeã, dar-se-á observando-se os critérios a seguir:

 

A)   Maior Saldo de Gols;

 

Parágrafo 3º - Havendo empate em pontos ganhos e em saldo de gols. A equipe CAMPEÃ, será a de melhor campanha no somatório das fases anteriores. “Classificação Geral”. 

Art. 10º - Em cada fase da Competição as Seleções iniciarão com zero ponto. 

Art. 11º - O Campeonato, nas suas diversas fases será regido, para efeito de Classificação das seleções, pelo sistema de pontos ganhos, observando-se os seguintes critérios:

 

A) Por vitória, 03 (três) pontos ganhos;

 

B) Por empate, 01 (um) ponto ganho.

 

                                                CAPITULO III

 

                                         Da Inscrição dos Atletas

Art.  12º – É de inteira responsabilidade das seleções, clubes e dos atletas a veracidade das informações constantes nos documentos encaminhados à coordenação da Copa do Descobrimento Schin, para fins de registro e inscrição. 

Art. 13º - Só poderão participar do certame os atletas que forem previamente inscritos por sua Seleção, no limite máximo de 35 (Trinta e Cinco) atletas. A inscrição inicial deverá relacionar o mínimo de 18 (dezoito) atletas. 

Parágrafo 1º - Poderão ser inscritos atletas da categoria amador e profissional. 

Art. 14º - Todos os documentos para fins de registro e inscrições dos atletas deverão estar devidamente protocolados no Departamento de Registro até a quinta feira que antecede a rodada do final de semana, sempre com observância do horário de funcionamento do Departamento (13:00h). Para quem reside fora do município de Eunápolis, as fichas devem ser encaminhada via e-mail e entregue a original ao árbitro ou delegado da partida antes do início da partida. 

Art. 15º - O pedido de inscrição será acompanhado de relação nominal dos jogadores. 

Parágrafo 1º - O pedido inicial será protocolizado na coordenação do evento até o dia 15 de janeiro de 2018, devendo nele constar um número mínimo de 18 (dezoito) atletas. 

Parágrafo 2º - As inscrições de atletas para participarem da V Copa do Descobrimento de Futebol – Edição 2018, terão o prazo final até 72 (setenta e duas) horas úteis antes do início dos jogos de ida das quartas de finais ou seja, IMPRETERIVELMENTE até 03 de maio de 2018 (quinta-feira) no máximo até às 13h00. 

Parágrafo 3º - O não cumprimento do citado horário por parte de qualquer associação implicará no não deferimento da condição de jogo para o respectivo atleta. 

Art. 16º - O atleta inscrito na competição por uma agremiação. Só poderá inscrever-se por outra participante do mesmo Campeonato, após o seu início e o clube que ele atuar terá que pagar uma multa de R$ 900,00 (Novecentos Reais).                                                   

                         

                            CAPÍTULO IV

 

                            Da Arbitragem

 

Art.  17º -  A indicação dos  árbitros  e  seus  assistentes  serão  feitas  exclusivamente  pela Coordenação da VI Copa do Descobrimento de Futebol – Edição 2018. 

Art. 18º - Não serão designados para árbitro ou assistente aqueles que, por quaisquer motivos, tenham se afastado do exercício da função. 

Art. 19º - A coordenação geral dará ciência da designação dos árbitros, assistentes e reservas, que serão escalado via divulgação pelo site oficial: www.eunoesporte.com e rede sociais como: WHATTSAPP. 

Art. 20º - Em todo o Campeonato, o árbitro central, os assistentes e o árbitro reserva, serão designados pela coordenação de acordo o artigo 16º deste regulamento. 

Parágrafo 1º - Todos os custos, bem como, cotas e despesas de viagem dos árbitros centrais, assistentes e árbitros reservas, serão pagas pela seleção e clube que tiver o mando de campo. 

Parágrafo 2º - A cota de arbitragem do árbitro central bem como, as cotas de arbitragem dos assistentes e do árbitros reservas, serão pagas pela seleção que tiver o mando de campo, esta deverá ser depositada na conta oficial da coordenação do evento para que este possa efetuar o pagamento, conforme dados bancários abaixo; 

AG: 0075: OPERAÇÃO 013. C. POUPANÇA: 55.394-9

Banco: Caixa Econômica Federal - Nome: LUCIANO SANTOS FERREIRA. 

Parágrafo 3º - A Seleção que deixar de efetuar o pagamento das cotas, bem como de despesas com arbitragem, será eliminada automaticamente da Competição, através de medida administrativa da coordenação do evento.

Art. 21º – Durante a realização de uma partida da V Copa do Descobrimento Schin de Seleções – Edição 2018 poderão ser substituídos 05 (atletas). 

Art. 22º – Nenhuma partida do certame poderá ser iniciada com menos de sete atletas, em qualquer das equipes disputantes. 

Parágrafo Único - Na hipótese prevista neste artigo, o árbitro aguardará até 45 (quarenta e cinco) minutos após a hora marcada para o início do jogo, ou 10 (dez) minutos após o intervalo regulamentar, entre os dois tempos, findo os quais e permanecendo o fato, a seleção regularmente presente será declarada vencedora pelo placar de 1 x 0 (hum a zero) para os efeitos deste regulamento. 

Art. 23º – Sempre que uma seleção, atuando com apenas 07 (sete) atletas, tiver um ou mais contundidos, o árbitro conceder-lhe-á o prazo de 10 (dez) minutos no máximo, para o seu tratamento ou recuperação, após o prazo encerrará a partida, considerando-a perdedora pelo placar de 1 x 0 (hum a zero), se tiver ganhando ou empatando, ou mantendo o placar, se estiver perdendo o jogo. 

Parágrafo Único – Nos jogos das fases quartas de finais semifinais e finais a equipe que ficar reduzida a menos de 07 (sete) atletas perderá os pontos e a vitória será em favor do clube prejudicado pelo encerramento do jogo.

 

CAPÍTULO VI

Das Infrações e Suas Penalidades


Art. 24º – O atleta que for expulso de campo ou banco de reservas ficará automaticamente impedido de participar da partida subsequente, sujeito a ser punido pela J.J.D. da Comissão Organizadora da VI Copa do Descobrimento de Futebol – Edição 2018. 

Parágrafo Único A suspensão automática provocada pela série de 03 (três) cartões amarelos prevista em lei, impedirá a participação do atleta na partida subsequente, não podendo em nenhum caso, um atleta ser impedido de participar de mais de uma partida. 

Art. 25ºQuando houver invasão de campo por dirigentes ou atletas para agressão do árbitro ou seus auxiliares, dirigentes ou atletas da outra equipe, que tiver sido observado pelo árbitro, seus auxiliares e representantes da comissão, citada em relatório. Se o árbitro, por esse motivo suspender ou encerrar a partida, a seleção citada no relatório como causadora do incidente, perderá por 1 x 0 (hum a zero), caso esteja ganhando ou empatando o jogo e se estiver perdendo será mantido o resultado do placar, ficando ainda eliminada automaticamente do certame. 

Art. 26º – O atleta que agredir, o árbitro, um dos seus assistentes, atletas, dirigentes e/ou membros da Comissão Organizadora, além de ser eliminado da V Copa do Descobrimento de Futebol – Edição 2018.

 

CAPÍTULO VII

Das Disposições Finais

 

Art. 27º - A expedição e venda de ingressos para os jogos da Copa serão de responsabilidade das seleções participantes. Exceto: A Final a qual a organização terá um percentual de toda renda e 45% dos jogos finais ida e volta como nas edições anteriores.                       

Art. 28º - Compete à Seleção detentora do mando de campo:

 

A)   Providenciar todas as medidas legais de ordem técnica e administrativa necessárias indispensáveis à logística e à segurança das partidas;

 

B)   Providenciar com a devida antecedência, a marcação do campo de jogo, o que deverá obedecer rigorosamente às disposições da Regra 1 da IFAB, bem como a colocação das redes das metas;

C)   Manter no local da partida, até o seu final, o material e os equipamentos de primeiros socorros, abaixo relacionados:

C)

D)  Maleta de primeiros socorros;

 

E)   Maca portátil de campanha;

 

F)    Manter no local das competições, 04 (quatro) bolas cedidas pela organização em parceria com a FASE SPORT, sendo 01 (uma) atrás de cada meta, e 01 (uma) na mesa do árbitro reserva. É DE INTEIRA RESPONSABILIDADE DO CLUBE MANDANTE.

G) Utilizar 04 (quatro) gandulas treinados para procedimentos de reposição de bola

H)Providenciar obrigatoriamente a presença da Policia Militar; E será sempre obrigação da seleção mandante a responsabilidade pela segurança dos jogos e consequentemente o efetivo policial no estádio. 

Parágrafo 1º A seleção mandante que deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordens em sua praça de desporto perderá o mando de campo de uma a dez partidas, conforme julgamento J.J.D. da Comissão Organizadora da V Copa do Descobrimento de Futebol – Edição 2018. 

Parágrafo 2º O mando de campo da seleção infratora ficará a cargo da comissão organizadora da V Copa do Descobrimento de Futebol – Edição 2018 e as despesas com a logística dessa nova praça esportiva ficara a cargo da seleção infratora.                       

Art. 29º - Em todo o Campeonato à arrecadação de bilheteria sempre será da Seleção mandante do jogo, exceto as semifinais e finais. 

Art. 30º – A equipe mandante, obrigatoriamente substituirá o seu uniforme caso o mesmo seja semelhante ao do adversário. 

Parágrafo Único – Cabe ao Árbitro Central da partida e tão somente a ele distinguir a semelhança ou não nos uniformes das equipes.

Art. 31º – As partidas terão tolerância de 45 (trinta) minutos para o seu início; a seleção que não estiver em campo será declarada perdedora. 

Art. 32° – As seleções deverão apresentar ao quarto árbitro a relação dos respectivos jogadores  titulares e suplentes,  mais membros da comissão técnica, necessariamente na forma digitalizada, ou em letra de forma ou impressa,  assinada pelo "capitão". Nessa relação deverão constar os números dos documentos de identificação dos jogadores. A identificação dos atletas será feita primeiramente pela equipe mandante, mediante exibição de documento de identidade expedido  por órgão público oficial. 

Art. 33° – Para as partidas finais, a Comissão organizadora da V Copa do Descobrimento de Futebol – Edição 2018 baixará instruções específicas no que

concerne à entrega de troféus e medalhas. 

Art. 34° – As bolas a serem utilizadas na competição serão cedidas pelas equipes e organização em parceria com a Federação Bahiana de Futebol, sendo 01 (uma) atrás de cada meta, e 02 (Duas) na mesa do árbitro reserva. É DE INTEIRA RESPONSABILIDADE DO CLUBE MANDANTE O CUIDADOS DAS BOLAS, o visitante é obrigado levar duas bolas para o campo de jogo que serão utilizadas também. 

Art. 35º – No banco de reservas, além de 12 (doze) atletas suplentes, fica determinado ainda a presença de apenas de 04 (Quatro) membros da comissão técnica, a saber: Técnico. Massagista e Preparador Físico e Auxiliar. 

Art. 36º - Durante toda competição a coordenação geral terá acesso livre em qualquer praça esportiva onde esteja rolando jogos da copa com seus convidados, a mesma não poderá em momento algum ser barrado, o que poderá acarretar em punições para o mandante. 

Art. 37º - Em todos os estádios, durante a competição, deverão ser providenciadas acomodações apropriadas para a coordenação e seus convidados. 

Art. 38º- A Seleção que incluir atleta sem condições legais de jogo, além de ser enquadrada no Artigo 214 do CBJD, poderá ficar suspensa do Campeonato em curso, bem como, de quaisquer competições promovidas pela coordenação pelo prazo de dois anos.

Art. 39º - Os cartões amarelos dos atletas integrantes das associações classificadas para a 4ª Fase (Final), serão zerados, com exceção dos atletas que tenham recebido o terceiro cartão amarelo, que terão que cumprir automaticamente a suspensão por uma partida. 

Art. 40º - Em cada estádio que estiver sediando jogos da VI COPA DO DESCOBRIMENTO SCHIN DE FUTEBOL – EDIÇÃO 2018, serão reservados espaços para a coordenação colocar placas no tamanho padrão, referente a anúncios dos patrocinadores da competição. 

Art. 41º - A autorização para exploração comercial do nome, marca, símbolos, publicidade estática e demais propriedades inerentes à Competição é de competência exclusiva da coordenação, única titular de tais direitos. 

Art. 42º - Somente a coordenação poderá autorizar a colocação de placas de publicidade estática, tapetes e de qualquer outra modalidade de material de merchandising nos Estádios, cabendo às seleções mandantes das partidas a responsabilidade pelo cumprimento desta obrigação. 

Art. 43º - Qualquer denúncia, protesto, e/ou impugnação de partida, em decorrência de eventuais irregularidades de atletas, o ônus da prova caberá única e exclusivamente a Liga denunciante. Um Salário Mínimo.

Art. 43 - O presente regulamento foi aprovado por unanimidade de todos os presentes no Congresso Técnico e Coordenação da Copa do Descobrimento a qual resolverá os casos omissos que possam surgir.

 

  

Luciano Santos Ferreira

Coordenador Geral 

 

VI Copa do Descobrimento de Futebol – Edição 2018 

 

TOTAL GERAL DE JOGOS: 52

TOTAL GERAL DE DATAS: 16

DIAS UTILIZADOS: 16 (Domingos) 

 

CALENDÁRIO

 

(DATAS A SEREM UTILIZADAS)

MÊS DATA

Fevereiro 25                             

Março 04,11,18 e 25

Abril 01, 08,15,22 e 29

Maio 06, 13, 20 e 27

Junho 03, 10 e 17

 

2007 - 2017 ©Luciano Santos Ferreira - Todos os direitos reservados