Temporada 2018: Quatro estádios já foram vistoriados pela FBF

Iniciado no mês de julho, o cronograma de vistorias nos estádios que receberão competições da temporada 2018 segue a todo vapor sem atrasos e dentro do que foi pré-estabelecido pela Federação Bahiana de Futebol. Segurança, instalações, campo de jogo, iluminação e gramados são quesitos analisados nas visitas técnicas.
 
Até aqui, quatro praças esportivas já foram visitados. Os estádios Waldomiro Borges, em Jequié; Lomanto Junior, em Vitória da Conquista; e Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe foram vistoriados ainda no mês passado. Nesta sexta-feira (11), foi a vez do José Rocha, em Jacobina, onde o trabalho será concluído neste sábado (12).
 
Lá está o Coronel Jorge Inácio Diniz, coordenador de vistorias da entidade. Por onde passa, Coronel Diniz vistoria capacidade de público, condições de segurança, instalações em geral (higiene, banheiros e vestiários), campo de jogo, iluminação e qualidade dos gramados.
 
Em cada estádio, o coordenador fez um relatório do que precisa ser ajustado ou refeito. Esses relatórios foram entregues aos presidentes dos clubes que têm a praça como mando de campo, aos prefeitos e secretários de esportes das cidades.

Como divulgado antecipadamente pela FBF, eles têm um prazo para que as melhorias e adequações sejam feitas. Em caso de não aprovação do estádio ao final do prazo para melhorias, o clube não poderá mandar jogos em seu próprio mando de campo e não poderá indicar praça esportiva alternativa, cabendo à entidade indicar um dos estádios em Salvador para que a partida ocorra.
 
De Jacobina, Coronel Diniz seguirá para Senhor do Bonfim, onde irá vistoriar o Pedro Amorim, praça alternativa, no dia 24. Ainda no mês de agosto, o trabalho será realizado em Juazeiro, no Adauto Moraes, nos dias 25 e 26.
 
O cronograma de Vistorias Técnicas das Condições de Segurança, Capacidade, Higiene e Engenharia dos Estádios que abrigam Jogos de Competições Oficiais das Séries A e B do Baianão, bem como os prazos para conclusão das melhorias foram publicados na RDI-06/17.

2007 - 2017 ©Luciano Santos Ferreira - Todos os direitos reservados